Isolaramente

Pedro Albuquerque Vieira

“Isolamento, algo que todos sentimos nos últimos anos. Graças à pandemia fomos forçados a estar longe uns dos outros, fechados em casa e nas nossas mentes.
Para quem vive em grandes centros urbanos estes foram momentos difíceis, mas e quem vive sempre isolado? Como foi esse isolamento social para estas pessoas?
Aldeia da Pena: seis habitantes que, de Janeiro a Janeiro, vivem numa pequena aldeia de xisto no sopé da Serra de São Macário.
Duas famílias que escolheram trocar a confusão pelo sossego.
Este filme é o retrato do isolamento desta aldeia, por si só isolada, do impacto nos seus habitantes, que viram os seus negócios fechados, aulas dadas por professores em monitores e gente a tentar isolar-se com o medo da pandemia.”

Selecções para festivais:

2022
Iconic Images Film Festival – Vilnius (Lituânia)

Ficha Técnica

Realização: Pedro Albuquerque Vieira
Fotografia: Rui Miguel Pedrosa
Montagem: Pedro Albuquerque Vieira
Pós-Produção de Audio: João Damasceno
Produção Executiva: Slideshow
Produção: Plano C